A nova cara dos eventos

Se você achava que fazer um evento compartilhado era cafona ou demonstrava pouca condição financeira, comece a ver de outra forma. Até porque, talvez você esteja mesmo em outra condição financeira hoje. Estamos em crise. Financeira e moral.

Reuniões em casa: o mais importante passa a ser o encontro, o contato com as pessoas que pouco conseguem se ver pelo dia a dia corrido que temos. Está na hora de efetivamente usar as louças que estavam lindas nos armários, as que herdamos de nossos pais, aquelas que compramos nos antiquários. São feitas para uso, então vamos usar! As mesas ficam muito mais lindas , personalizadas e elegantes. Os amigos gostam de levar para o encontro aquele prato preparado pelo maridão que vai exibir suas qualidades gastronômicas ou por você que há muito não parava na cozinha para fazer aquela receita de família! leve os vinhos que vão envelhecer na adega. A dona da casa se diverte enfeitando com as coisas que nem lembrava que tem! Amigos, Música do DVD, velas, aromas e charme! Evento de sucesso!

Casamentos: já está na hora das duas famílias participarem meio a meio nas despesas. Já caducou a idéia da família da noiva arcar com a festa e a dos noivo providenciar um apartamento ou casa. Hoje, a maioria das pessoas tem que escolher entre uma coisa ou outra. As duas famílias dividem despesas e fazem a festa e, o jovem casal vai morar com os sogros , ou as duas famílias se cotizam na entrada e financiamento de uma moradia até os jovens tardios resolverem entrar no Mercado de trabalho. É mais ou menos por aí. Grande parte está optando por casar perto dos 30 anos, para desfrutar o conforto da casa dos pais e a mesada. Mesmo assim, na hora do casamento, as regras estão atualizadas. Somente os amigos íntimos dos noivos e pais e familiares que se fazem presentes em suas vidas. Todo o restante foi cortado. Quando sairmos da crise, aumentamos o tamanho das festas, ok?

Formatura: sim! Se o seu filho conseguiu se formar, comemore muito! porque vários jovens desta geração de 1990 para cá, estão mudando de curso, mais de uma vez, se sentem perdidos, sem vontades, sem ambições, sem apegos, sem expectativa de “ter” e desfrutando o conforto familiar, fora os cursos sem qualidade que os desestimulam a frequentá-los. Então, se ele vai se formar, faça uma festa com muita comemoração! Junte os amigos e, por favor, chamem os que não se formaram para incentivá-los! Pense no período de descobertas pessoais, sexuais, sociais e familiares que eles passaram. Nós passamos, mas parece que hoje tudo é mais e mais tenso . Sim, comemore porque o mercado de trabalho está injusto e difícil. O que os espera é pior do que foi com a gente. Eles sabem disto. Vamos encorajá-los comemorando mais esta conquista do curso superior. Cerveja e vodka, musica e hot dogs ou taccos. Pronto. a maioria das festas deles não tem comida e levam aquelas bebidas baratas como catuaba, substrato etc…. um horror.

15 anos: continuo achando o evento mais importante na vida de uma jovem. Independente do tamanho, local ou investimento, é o evento que muda para melhor a vida de uma jovem mulher. Pude observar isto em 30 anos de trabalho. Mais importante que casamento. É uma pena que no Brasil, somente os judeus tenham festa similar para os rapazes, o Barmitzva. Na minha opinião, as mulheres e homens aos 15 anos deveriam ter suas festas de Debutante da Vida. Primeiro momento de empoderamento pessoal. Deixe que escolham os convidados e que sejam a pessoa mais importante daquele momento, nos meses que antecedem ,o dia do evento e os próximos. Tudo de bom acontece neste evento! Se você tem dúvidas, marque uma conversa comigo! 🙂 opte em convidar somente os jovens, faça a festa para eles que, inclusive, abaixa o custo do evento. Belo vestido, DJ e bebidinhas fazem a festa. Comem pouco e salgados simples são sempre muito elogiados como os hot dogs, mini hamburgues, babata frita, churros ou picolés, por exemplo. Podem ser feitas de dia a beira da piscina, um sunset party a partir das 17 horas, uma disco para dançar ou ao redor de uma quadra de esporte praticado pela maioria, os demais, viram torcida!.

Aniversários: Parece que domesticamos um leão por ano, não é?! o mundo está mais complicado, mais agressivo, mais inseguro e mais exigente. As doenças chegam mais perto de nós. Como não comemorar mais um ano de escola da vida? Tantas conquistas, dribles e momentos especiais que merecem nosso agradecimento e comemoração. Reúna as amigas e peça de presente algo para beber e algo para comer. Compre flores no mercado (astromélias são sempre baratas), vaso plantados de magnólias, kalanchoes ou orquídeas. Música e aromatizador de ambientes preenchem e aconchegam. Se alguma amigo(a) toca um instrumento, peça de presente que toque algo para todas. Poetas? peça que recite algo e assim, você vai prestigiando os dons de seus amigos e engrandecendo seu evento.